Reflexões sobre 2012

Namastê queridos irmãos, 

Gostaria de compartilhar algumas reflexões nesta copilação que fiz.

Fica também a proposta do exercício de meditar com o corpo imóvel afim de possibilitar a desidentificação com a matéria e a percepção desse algo mais.

Gostaria também de compartilhar o link de um livro que muito me inspirou aqui nestas palavras, aprofundando conceitos que já possuia pela experiência, buscas e encontros que venho realizando. 

Este livro está disponível na net também em voz (livro audível): Manual para um Monólogo Amoroso – Adriana Canova – Ed. Scortecci 

http://podcast.com/show/147286/  (está subdividido em 35 pequenos arquivos/capítulos – comece a leitura pelas postagens mais antigas, de outra forma irá ouvir o livro do fim para o começo que é como está neste site do PodCast)

Sophia Christou

…………………………………………………………………………………………………

 “2012 e a preparação para a 5ª. dimensão”

 

Vc sabe realmente qual o marco que dita 2012? 

Pois bem… vc sabe que os planetas giram ao redor do nosso Sol e nosso sistema solar gira em torno de Alcione – estrela central da constelação das Plêiades e que nosso Sol é a oitava estrela dessa constelação e que demora 26 mil anos para completar uma volta. 

A divisão desse total por 12, resulta nas chamadas “eras” que duram 2160 anos, era de peixes e agora era de aquário (que são grupos de estrelas que possuem esses nomes – a astrologia – interpretação das ações dos astros foi criada olhando para a astronomia – ciência que estuda o posicionamento, comportamento e distância dos astros) e que estão regendo ou em maior intensidade de atuação sobre o nosso planetinha.

Então, em 2012 completaremos um ciclo de 104 mil anos, composto por 4 grandes ciclos de 26 mil anos. Ou seja não é só um marco parcial é um marco completo.

Ao redor de Alcione foi detectado um cinturão de fótons – isto foi em 1961. Um fóton consiste na decomposição ou divisão do elétron, sendo a mais ínfima partícula de energia eletromagnética.  

O que isso quer dizer?

Há cada 10 mil anos a Terra penetra nesse cinturão de fótons ficando imersa por 2 mil anos, isto ocorreu há 12 mil anos atrás. Estamos entrando em 2012, novamente nesse cinturão onde permaneceremos por mais 2 mil anos.

E o que isso pode implicar?

A excitação molecular cria um tipo de luz constante, permanente, que não é quente, uma luz sem temperatura, que não produz sombra ou escuridão, talvez seja por isso que os hindús chamam de “Era da Luz”.

A Terra já começou a penetrá-lo e em 2012 estará completamente dentro dele. Essa é a razão que diferentes crenças vêm se preocupando em nos despertar de que temos de nos preparar.

Na verdade não é para o fim do mundo que temos de nos preparar, mas sim para a modificação de como conhecemos o que chamamos de realidade. Vc deve estar se perguntando porque deve se preocupar com tudo isso, se é só porque está muito próximo e vc gostaria de viver mais que esses 2 anos que restam e tb que os seus filhos tivessem a oportunidade de crescer e ter os filhos deles e desfrutar da Terra assim como a conhecemos, com a natureza, as praias, os bens de consumo, o dia e a noite, nossa rotina, as estações do ano, os alimentos…

Todas essas necessidades são de nossa preocupação enquanto estamos encarnados, correto? Porque se não estamos, tanto faz… ah e nossos filhos? E para quem acredita… e a próxima encarnação pra nos redimir de nossos erros nesta?

A verdade é que estamos limitados a pensar conforme o que conhecemos, com a 3ª. dimensão, a da forma (largura, altura, profundidade), a que reconhecemos o que podemos tocar ou ver, a que tem a densidade da matéria, assim como nossos próprios corpos.

O entendimento de opostos: dentro e fora, acima e abaixo, bem e mal… e todo o conceito de polaridades.

Tem também a 4ª. dimensão que é tudo isso que conhecemos ao longo do tempo, com suas modificações e completude de ciclos, vida e morte e memória a que chamamos memória celular a que temos nesta vida mas também é onde guardamos os registros de outras vidas, nossas marcas… mesmo que estejam em nosso inconsciente.

Pois bem, a atenção que se pede para este momento é para o despertar de que tudo isto que chamamos de realidade é o que conhecemos como 3ª. e 4ª dimensões, onde estamos presos no tempo e na gravidade (que é um resquício de 2ª. dimensão – nos manter no plano), não passa de uma limitação, de um sonho.

Mas somos uma consciência que habita um corpo em 3ª. dimensão e que nessa condição, cria a realidade como num sonho, tudo o que temos ao nosso redor é parte do cenário que criamos para nossa realidade.

Muitas vezes imaginamos que somos um corpo que possui a inteligência/mente, espírito, alma, ou chamem do que quiser… mas na verdade é uma consciência, algo que está além da forma, além de necessitar repetir ciclos de encarnações, algo que pode se perceber ligado ao Todo, quando desperta.

O que precisa ser cuidado, além do cuidado celular, com a alimentação e saúde física, com a limpeza da mente, saúde psíquica (onde a meditação nos ajuda a higienizar, a parar de criar por alguns momentos para que possamos perceber fora do sonho, despertos)? É o despertar dessa consciência se apercebendo como parte do Todo em perfeita harmonia, onde as mudanças físicas independente de sua proporção, seja uma doença ou uma mudança nos astros, não interferirão em sua verdadeira essência.

Podemos passar por essa mudança, despertos ou adormecidos, onde não terá mais lugar para continuarmos criando nossa realidade como ela é hoje.

E o que fazermos com os nossos laços afetivos? Como lidar com tamanho egoísmo ou desapego?

Temos de acreditar que estamos cada um de nós em um grau de evolução, ou de despertar, de que somos consciência e estamos ligados ao Todo, temos também de respeitar isto ainda como individual nos que nos cercam e melhor do que palavras para convencer ou tentar doutrinar alguém são nossos atos de fé, confiança e serenidade.

Os que estiverem despertando virão buscar, entrarão na sintonia, começaram a perceber os sinais de sincronicidade em sua vida, poderá se sentir organicamente conectado, mas a “o quê”?

É preciso que nos lembremos que as nossas crianças nem sempre são crianças enquanto consciência e que muitas já estão vindo para este ciclo despertas (são chamadas as crianças índigo) em condições de consciência desperta muito mais adiantada do que nós. É preciso que tenhamos confiança e também desapego para não sermos um fardo para eles também. Com isso fica claro o sentido de Fé, é saber que está tudo certo e não deixar de confiar nunca.

A preparação, é, portanto, para a 5ª. dimensão. Mas o que vem a ser a 5ª. dimensão?

Não dá para pensarmos que é uma sequência da 3ª e 4ª. dimensões, a da forma ao longo do tempo agregada de mais alguma coisa. Porque é algo mais sutil que tudo isso, menos denso. Ela está baseada no Amor, não este amor que conhecemos, cheio de apegos, ciúmes, controle, condições, distinção é o Amor Verdade, Amor Todo, Amor Deus, Amor Luz, Amor Vida, Amor Consciência.

Essa outra condição não considera o sonho como realidade, é a própria realidade. (Este é um conceito abordado no filme Matrix). E quanto mais estivermos conscientes e despertos dessa Realidade, menos sofreremos ao tentar em vão continuar criando nosso sonho após a mudança dos astros que está para ocorrer na 3ª. dimensão, pois estaremos fora dela, na verdade conscientes além dela.

Muitos de nós já conseguem estar parte na 5ª. dimensão e parte na 3ª., essa percepção pode oscilar de diversas formas, quando dormimos e sem a percepção de isto ter ocorrido, em relances, por percebermos um tremendo bem estar, sem explicação, em meditações e especialmente em trabalhos com a consciência expandida.

O importante é além desta percepção, a sustentação deste estado somente sem a necessidade de continuar criando as formas, tocando-as para conferir sua veracidade. É preciso a desidentificação com a matéria, com a forma, ou ainda com nossa historinha no tempo, ao que chamamos de memória – a memória celular e pela qual sofremos pelas marcas que não sabemos lidar como por exemplo as de nossa composição a partir de pai e mãe – é preciso curar isto de vez!

Podemos aqui tratar um pouco de uma outra memória – a cósmica, que vem a ser a consciência desperta do que simplesmente É. É este acesso que precisamos fazer e fortalecer para nos firmar nessa 5ª. dimensão ou nessa Realidade, que já é, mas que pouco conseguimos vivenciar e principalmente estarmos conscientes, ou ainda sustentar essa percepção.

Dessa forma a preparação de que precisamos é apenas estarmos cada vez mais conscientes do que realmente Somos.

E para isso é preciso mais atenção para ao acordarmos pela manhã, sabermos que o sonho se iniciou novamente.

Sophia Christou

P.S. em 3a. dimensão somos um grão de areia no mar do céu… em 5a. somos consciência, sem forma, espaço ou tempo!!!

3 Comentários

  1. Eduardo Augusto said,

    Olá Sophia, tomo a liberdade também de te indicar um livro maravilhoso para 2012: “A arte de ser leve”, da jornalista Leila Ferreira.

    Bem longe de ser um guia de autoajuda! Especial, diria mesmo, surpreendente!

    Um abraço,

    Eduardo

    http://www.maneirasimples.wordpress.com

  2. maria marta said,

    gostaria de saber mais sobre o assunto, achei muito interessante.

  3. Paulo Barretto said,

    interessante quando verificamos os ajustes das coisas que poucos compreendemos , mas que nos levam a crer, e sem emoções, em algo tão forte como nossa humilde existencia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: