Além de Samsara

“De nada valeria acontecer de eu ser gente, e gente é outra alegria, diferente das estrelas…” (Caetano Veloso)

 

Experiência rica esta dos sentidos em percepção… mesmo que fracionada, a pluralidade dá focos diferenciados à percepção e a ilusão cria enredos e memórias que até cheguei a chamar de “eu”, carregando o que chamei de “meu” como um peso além da consciência… E o poder de criar, mesmo que a ilusão… seduz…

Por ciclos e ciclos, nas mudanças em repetições das lições, quase sem mais saber como sair deste Samsara.

Fui me encantando com o verde das matas, as flores… é tudo tão colorido… borboletas  e pássaros. E as águas? Que coisa mais linda esta densidade, maleável… incontível  e buscamos conter, em nossos corpos, em copos, conduzi-la em tubos fechados!!!

Ah! As cachoeiras, rios, mares, as florestas submersas no silêncio… a chuva… A refração da luz em luminosidade em cores no arco-íris… é lindo ver assim… arco-íris sempre me fizeram lembrar da outra Luz, pois as cores estão em comunhão, em arco…

E esse fio de lembrança foi se estendendo de outras formas também… a sensação de saudade ao olhar pro céu… o Eterno sendo percebido como infinito, na linearidade do espaço e tempo da mente que não o abarca… O quanto distante me senti da essência com esta visão minguada, colocando forma, mas me encantando com a visão da vastidão de estrelas.

A Lua… que prateia e norteia os ciclos, cúmplice desta experiência gravitacional…

Os pedaços do que Somos em outros rostos, com execução própria da criação de tudo isto que não “É”… como foi difícil, sentir essa divisão, competitividade e tentativa de domínio… tão mais simples seria apenas experimentar sentirmos uns aos outros como nós mesmos em manifestação em pluralidade expandindo nossa capacidade de amar.

O toque… com o limiar de diferentes corpos que causa a percepção… o beijo que poderia ser de alma em elevação… ancorando a Luz dos pontos de energia superiores que nos mantém conectados ao Todo… mas usamos para conectar aos pontos de energia baixos na necessidade da complementaridade…

Ainda que usássemos esta dualidade para potencializar o retorno… sim, isto valeria se pudesse ocorrer de intenção única e pura, no real sentido do Amor Maior em comunhão do feminino e masculino.

O ar, que alimenta nossas células tomando o espaço do que pensamos ser vazio! O sonho de voar, leveza desafiando nossa densidade… Quantos sonhos, quantos vôos…

O fogo que tratamos como calor e esquecemos  de invocá-lo como fonte geradora de energia interior que transforma e impulsiona.

A luz tratada como dia e noite, gerando a sombra, dual de um ciclo, luminosidade que dá a percepção das formas, fora, separadas de nós… numa derivação do que seria a Luz da informação, da sabedoria, da consciência em unicidade…

Os sons mesclados em silêncios que banharam meu despertar, na musicalidade que me levam a origem do verbo para antes disto, para o imanifesto… lindo caminho o da música…

…Independente de todos estes equívocos a que nos lançamos, o sentimento que tenho é o de gratidão, por ter tido a possibilidade de manifestação em matéria e atualmente esta gratidão se expandiu, por sentir que parte dos ciclos de repetições está rompido… finalmente…

Tenho gratidão aos mestres que conduziram o meu caminho por estes anos de buscas, mas principalmente aos que me permitiram sentir meu coração como meu próprio mestre.

Acima disto, tenho gratidão aos companheiros de jornada, que em suas buscas e encontros, me incentivaram a crer neste mestre interior. Que em momentos especiais surgiram como luzes, palavras, gestos, anjos, amigos e amores, manifestando afinidade com seus rostos em expressão própria nos quais busquei olhar como espelho.

…E em especial à Estrela que me trouxe a lembrança de quem Sou, me auxiliando neste processo de confiança, entrega e reconhecimento, pois este sentimento desperto é que se pode levar para toda a eternidade.

Em Amor,
Sophia Christou
27/07/2010

4 Comentários

  1. Ricardo said,

    A consciência desperta manifestada na personalidade… nada mais lindo de presenciar em um humano!

    Tua manifestação aqui faz crer que a todos é possivel ver essa Luz Sophia… tuas palavras, sentimentos e principalmente a clareza de teu caminho percorrido é um farol a ascender aos olhos de todos que te vêem (sentem), ajudando a abrir nossos caminhos para o brilho de nossa presença interna.

    Obrigado LUZ!

    • conscienciaempoesia said,

      Ricardo,

      Grata pela sua passagem aqui pelo blog e também pelo comentário que mostra a sensibilidade e percepção de tudo o que aflorou em meu coração.

      Que bom que você me vê (sente) ! É porque vês com o coração!

      Sou mais grata ainda por sua passagem aqui pelo ‘planetinha azul’ neste momento de despertar!

      Que possamos todos Despertar!

      Beijo em seu coração,

  2. José Reis said,

    «Tenho gratidão aos mestres que conduziram o meu caminho por estes anos de buscas, mas principalmente aos que me permitiram sentir meu coração como meu próprio mestre.»
    Porque aquele que procura com seu coração sempre encontra…muitas vezes procuramos o que está longe…mas está muito perto…pois está dentro de nós…
    Belo texto!
    Obrigado pela partilha

    • conscienciaempoesia said,

      Olá José, bem vindo de passagem a este blog!

      Na verdade creio que não há diferença, dentro ou fora… é tudo a mesma coisa, mas procurar dentro, no silêncio de nossa mente (sem o ego), fica mais fácil de achar o caminho de volta a esse ‘Todo’, pois ‘fora’ como você comentou, há todas as expectativas e cenários criados (a ilusão) para nos confundir, e quando nos desvencilhamos de modelos, de formas e passamos a sentir com pureza, daí o caminho fica mais claro…
      Volte sempre que quiser! Grata pelo comentário.
      Sophia Christou

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: