Amor em Poesia

junho 30, 2010 at 7:50 am (Coisas do Coração)

Beijo no ar
Olhar perdido
Palavras contidas
Abraço por expressar

                 Sobra a poesia
                 E o sonho de um dia
                 Manifestar o sentimento
                 Na festa de um momento

 

… É muito carinho e amor
Sem ter mais onde por
Transformando o medo em alegria

Sophia Christou

Link permanente 1 Comentário

Aniversário

junho 30, 2010 at 7:49 am (Coisas do Coração)

Se eu tenho medo de te gostar
E você tem esse medo de receber
Não sei onde isso vai chegar
Mas de tudo o que dá pra perceber…

É que o medo precisa acabar
Pra poder deixar acontecer
Afinal, ta fazendo aniversário
O amor que sinto por você

Sophia Christou

Link permanente 1 Comentário

Life Gods

junho 29, 2010 at 11:19 pm (Outros)

N'kulukmba Oshalah
Odin Manitoo Xuedeh
Aggayun Göt Baoh
...Allah
Tupan N'Olorun Tamnarah
Golorud Ualereh
Zambyn Zeus Ruwatah
Iesu Jah... Shalam-Tzieh
Amaterasu Bathalah
Mandarah Unguleveh
Khrisnha Efozu
...Amma
Yambah Oshun Asdulai
Kalah Okut Nya'ambeh
Aquaan Akuah
Jesus Rah... Yelen-Dayeh
Tentei Dio
Asher Dieu Dios Ymanah
Kami So-Ko
Lubnah Theos Yallah
Maomeh Juremah
Shiva Shangoh
Butzimmy Yumallad ...Yaoh
Dum'nezteu Banarah
Gaya Munetoh
Aton Amon Yemanjah
Ereh... Yaoh
Yansan Adonay
Brahma Gedepoh
Tzikem-Boo Atzilah... Yaoh
D'Olodum Yamanah
Oshossy Shido
Buda Gee Jeovah
Ereh... Yaoh
Gilberto Gil e Marisa Monte
 

 “Esta é outra precisosidade que eu gosto muito, nunca aprendi a cantar inteira… mas um dia vou conseguir cantar sem ler, pra todos os Deuses.

Salve cada manifestação Divina!!!”

Sophia Christou

Link permanente Deixe um comentário

Tesouros

junho 28, 2010 at 9:40 pm (Coisas do Coração)

Nos últimos tempos fui limpando a casa
Varrendo o coração das mágoas
Fui deixando só a essência do que sou
Com espaço pra se manifestar em amor

Foi sobrando espaço pra coisas novas
E visão de caminhos que não conhecia
Fui vivendo mais em leveza e alegria
Deixando entrar a Luz do saber além da luz do dia

Fui achando passos onde eu me perdi
Retomando os rumos onde consegui
Encontrando meus próprios tesouros
Escondidos no meu peito pelo tempo

Tesouros que são tão valiosos
Que ficaram bem guardados
No fundo do fundo do meu coração
Soterrados pelo dia-a-dia, imunes a emoção

Sinto-me retomando minha essência
Saindo do estado de dormência
Vivendo coisas novas novamente
Com as minhas preciosidades em mãos

Sophia Christou

“Reencontrar amigos é como desenterrar os próprios tesouros”

Link permanente Deixe um comentário

Menina Meiguice

junho 27, 2010 at 2:21 pm (Coisas do Coração)

Menina que corre
Que brinca
Que grita
Que afoga as palavras em gestos

Menina que sonha
E traz o sol em raios
Nos cabelos que voam

Menina que vive
E faz do olhar
Pedacinho do céu
Onde brilha em forma de estrela
A meiguice

dedicado a Cristina
Sophia Christou

Link permanente Deixe um comentário

Sonho Irreal

junho 26, 2010 at 3:38 am (Coisas do Coração)

Sonhei que encontrei um alguém
Que foi o sonho em tantos sonhos que tive
Em sono e em devaneios
De olhos fechados e de olhar perdido

A fala macia me contava suas histórias
Sonhei que me perdi em seus gestos
E fui além da forma física e do intelecto
Buscando ver além do olhar o coração e a alma

Na sintonia que me intercepta e me tira a calma
Além do que conheço de mim
Sonhei que era o fim de um começo
E o começo de um fim

Por linhas tão definidas, feneço
Antes pudesse deixar no ar
O sonho de continuar a sonhar
Impotente me encontro, pois não soube esperar

E mais uma vez teria eu de aprender a esperar?
Até quando?
Vivo em ti um pouco de mim
Que só assim eu conheço

No encontro por tanto tempo guardado de nós
Invisíveis, nos cruzamos
E hoje o sonho me faz pensar
Em tudo o que Somos…

Sophia Christou

 

Link permanente Deixe um comentário

Sonho Real

junho 20, 2010 at 11:00 pm (Outros)

 

A primeira vista
A paixão não tem defesa
Tem de ser um grande artista
Pra querer se segurar
Faz tremer a perna
Faz a bela virar fera
Quando alguém que a gente espera
Quer se chegar

Só de pensar
Já me faz mais feliz
Nem bem o amor começa
Eu já quero bis

Chega e instala a beleza
No mesmo momento. . .

Ilusão tão boa
Quanto o astral de uma pessoa
Chega junto, roça a pele
E já quer se enroscar
Lê seu pensamento
Paralisa seu momento
Ao se encostar

Sonho real faz surpresa pra mim
e transe o meu destino com alguém assim

Chega e instala a beleza
No mesmo momento…

Felicidade pode estar pelo sim
Às vezes do seu lado
Tem alguém afin

Chega e instala a beleza
Momento de sonho real

Vem andar comigo
Numa beira de estrada
Desse lado ensolarado
Que eu achei pra caminhar
Vem meu anjo torto
Abusar do meu conforto
Ser meu bem em cada porto
Que eu ancorar

Sonho real faz surpresa pra mim
e transe o meu destino com alguém assim

Chega e instala a beleza
Momento de sonho real

(Lô Borges e Renato Bastos)

“Essa é uma maravilha ‘do meu tempo’, do Lô Borges, tempo de ser feliz… que ainda canto como mantra… assim, que sabe, esse sonho possa um dia ser real”

Sophia Christou

Link permanente Deixe um comentário

José Saramago – homenagem

junho 18, 2010 at 2:07 pm (Outros)

“Cada dia traz sua alegria e sua pena, e também sua lição proveitosa!”

“Todos sabemos que cada dia que nasce é o primeiro para uns e será o último para outros e que, para a maioria, é so um dia mais.”

“O que as vitórias têm de mau é que não são definitivas. O que as derrotas têm de bom é que também não são definitivas.”

“Se podes olhar, vê. Se podes ver, repara!”

“Dentro de nós há uma coisa que não tem nome, essa coisa é o que somos.”

“Não tenhamos pressa, mas não percamos tempo.”

José Saramago

(homenagem a este escritor português que faceleu hoje)

Link permanente Deixe um comentário

Om Asatoma

junho 17, 2010 at 12:16 am (Mantras)

Om asatoma satgamaya
Tamasoma jyotir gamaya
Mrityorma amritamgamaya

 

Este mantra, que normalmente me chega de forma tão suave, na verdade chega devagarinho… mas seu efeito é de transformação… e o que é transformação não se limita a extremidade, à superficialidade… invade e modifica minh’alma e toda minha vibração.

Para isso é preciso estar aberta à vida, à mudança a que estamos nos propondo… e trabalharmos a humildade da aceitação, pois sem isso nada chega, nada transforma… tudo passa em branco… na dormência do sonho lúdico de quem ainda não despertou…

Que todos os seres despertem e que possam ser conduzidos das trevas da ignorância para a plenitude!!!”

Sophia Christou

Link permanente Deixe um comentário

Iê Iê Kere – Oxum

junho 13, 2010 at 9:11 pm (Hinos, Poemas, Sagrado Feminino)

De Iê Iê Kerê
E vem de Iê Iê Kerê
Carrega corrente escondida
Em calmaria
Espelhada em superfície e fantasia
Vestida de azul e dourado
Se esconde
Brilhando o céu e o sol
Na correnteza, na correnteza
Que carrega escondida em seu fluxo
Em seu veio a correr
De Iê Iê Kerê
E vem de Iê Iê Kerê
De Iê Iê Kerê
E vem de Iê Iê Kerê
Nasce nas fendas das rochas
Carrega flores e estrelas
Em calmaria
Espelhada em superfície e fantasia
Carrega o dom da Vida
Saltando em cachoeiras
Desfazendo a profundeza
Em cor
De arco-íris a brilhar seu amor
Resplandecer
Resplandecer
Resplandecer
Em luz, suavidade a voar, Obotó
Em sua cor, que eu sei de cor.
É ela que vem
Transformar, renovar, transcender
Transcender
Transcender
O doce da água em cor
De arco íris a brilhar seu amor
Está em lugar algum
Em toda luz, toda cor, toda flor
Todo rio de Mamãe Oxum
Nos rios de Mamãe Oxum
 

Sophia Christou

Link permanente Deixe um comentário

Next page »